Blog Lairce Cardoso

Lairce Cardoso

RUIM COM ELE(A) MELHOR SEM ELE(A)

10 de junho

RUIM COM ELE(A) MELHOR SEM ELE(A). ESSA É A VERDADE.

O que é relacionamento tóxico, suas consequências e como evitar · Alto  Astral

“Seu amor me pegou…” É assim, o amor chega com toda a sua força, não pede licença e nos deixa nocauteados. Sim, é verdade um romance pode mudar as nossas vidas, nos virar de ponta cabeça, trazer alegrias, amadurecimento, felicidade e uma sensação de completude.

Mas além disso, um bom relacionamento deve ser regado à base de incluir respeito e cordialidade por ambas as partes. No entanto, para muitos a expressão “o amor é cego” é vivido literalmente ao pé da letra e, perigosamente ignora os sinais de estar numa relação prejudicial.

O seu par te traz insegurança ou, a todo o tempo critica suas conquistas? Infantilidade e ciúmes é o argumento na ponta da língua, mesmo quando seu comportamento é totalmente razoável? Você está sempre se desculpando, mesmo que não tenha feito nada errado? Se a resposta a estas perguntas é sim, é um sinal de alerta para que analise, com bastante cuidado essa relação. Ela pode, sim, ser uma relação tóxica e, até mesmo abusiva.

Antes de tudo, é bom que se saiba que uma relação tóxica pode acontecer tanto com as mulheres quanto com os homens. Existem homens tóxicos, mas na mesma proporção, há mulheres tóxicas.

Porque Tóxica?

Uma relação se torna tóxica quando afeta sua autoestima, sua felicidade, o jeito de se ver e de ver as coisas do mundo. É provável que esses relacionamentos até comecem de uma forma saudável, mas os sentimentos ruins, a história desagradável ou as necessidades não atendidas a longo prazo podem prejudicar, poluir a união e mudar as pessoas que nela vivem.

Os relacionamentos tóxicos podem vir em todas as formas e tamanhos. Alguns são fáceis de identificar os sinais e, aí o ponto final fica mais fácil. Outras vezes, um relacionamento tóxico pode crescer de forma tão constante que, antes de perceber, estará vivendo uma história prejudicial para a saúde física e mental.

NINGUÉM ESTÁ A SALVO DE VIVER UM RELACIOAMENTO TÓXICO

Você pode até pensar que não cairia numa arapuca dessa tão facilmente assim, que saberia identificar imediatamente uma situação equivocada poderia acabar com esse relacionamento num estalar de dedos. No entanto, nem sempre é tão simples. Relações tóxicas podem acontecer com qualquer um e às vezes há sinais de que o relacionamento é prejudicial, e a pessoa fica presa a ele, como se fosse uma aranha presa na teia.

Quer ver? Olhe esse sinais e analise com muito cuidado se não está vivendo em um

Ser consciente de que o relacionamento é tóxico é vital para se proteger. Estar em uma relação tóxica é manter sua mão pairando sobre o botão de autodestruição. Nem todos os relacionamentos são fáceis determinar, mas estar ciente dos sinais tornará mais fácil reivindicar sua independência e desenhar uma linha pesada em torno do que é permitido em sua vida.

SUAS ESCOLHAS DE VIDA OU METAS NÃO TEM QUALQUER APOIO

Seus sonhos e metas são sempre alvo de críticas, e os únicos comentários a respeito é que são idiotas ou estúpidas ou, ainda a única alusão feita a você é que nunca alcançará seus objetivos? A sensação é que seu desejo é te ver sempre para baixo e que você nunca alcance o sucesso; por isso seu trabalho constante é plantar uma semente em sua mente, insinuando que você vai falhar, minando suas energias.

Por algum motivo, o seu parceiro (a) vive ressentido ou com ciúmes descabidos e age constantemente dessa forma. Isso pode ser um sinal de um relacionamento tóxico. Quem ama de verdade, apoia as decisões do outro, mesmo se não concordar com elas. Em um relacionamento saudável, a felicidade do outro é a coisa mais importante. Preste atenção! Fuja de relacionamentos e nem mesmo fique por perto de alguém que sempre tenta te convencer que pode cumprir seus objetivos ou que não seja merecedor do melhor que o mundo pode oferecer.

CIÚMES, CIÚMES, CIÚMES

Você quase não vê seus amigos ou mesmo alguém de sua família e quando o faz, tem que ser na companhia do seu parceiro(a). Se isso parece familiar, pode ser um sinal de aviso. Ciúme obsessivo é doença. Quando as piadas começam a ficar séria e você percebe que é o centro delas, é melhor fugir. Sem confiança nunca haverá estabilidade.

Relacionamento saudáveis precisam de espaço para crescer e, principalmente para evitar afogar o outro no seu mundo particular.  Passar muito tempo juntos é comum naquela primeira fase do amor, onde a paixão rouba o fôlego e só respiramos o ar que o outro respira. Uma delícia! Mas assentado essa fase, é imprescindível cuidar do espaço necessário para não sufocar o outro, ou esse grude excessivo, pode se transformar em um martírio.

VOCÊ VIVE PISANDO EM OVOS

Relacionamento saudável e tóxico: entenda a diferença - Rádio Santana FM

Quando vocês passam muito tempo juntos, sente a ansiedade estampada à flor da pele e sua maior vontade é ir embora, pois de repente, o estopim da discussão vai para segundo plano e o incêndio explode. Provavelmente, essa é uma enorme bandeira vermelha de um relacionamento tóxico.

O seu amor deve ser alguém com quem você deseja passar algum tempo. Embora, seja comum nos relacionamentos algum tipo de estresse de tempos em tempos, este não deve ser sombreado pela angústia.  Amar é ser feliz e livre não viver acuado com medo.

Se o medo de dizer o que pensa é o sentimento maior entre os dois, e o respeito por um ponto de vista diferente não existe, não há motivos para esse ajuntamento. Afinal, opiniões diferentes traz riqueza e diversidade ao relacionamento.

OS INSULTOS ESTÃO SEMPRE NA PONTA DA LÍNGUA

Sarkasme Apa Maksudnya

Há limites que, uma vez cruzados, não há como voltar atrás. Portanto, é melhor nunca cruzá-los. As críticas destrutivas e os insultos são à base da conversa entre vocês?  Isso tornou-se uma situação comum? Não permita isso aconteça. Ao começar um relacionamento, as regras de boa convivência devem ser o primeiro combinado entre os dois, portanto nunca insulta seu parceiro(a) e nunca permita ser insultada por ele(a). Se essa linha for ultrapassada, tome uma atitude e coloque tudo no devido lugar. Caso contrário, é bem possível que está atravessando a faixa para adentrar em um relacionamento tóxico: o desrespeito é fatal para detonar uma relação. Isso é abuso verbal e ninguém deve aceitar tal situação. Você é melhor que isso.

TUDO É CULPA SUA

Na visão do seu parceiro ou da sua parceira, você é a raiz de todo mal. Se algo der errado, a culpa é sempre sua. Ele(a) nunca vai admitir que está errado. Ele(a) está com ciúmes? Isso é sua culpa. Ele(a) sente inseguro porque não ganha dinheiro suficiente? Isso é sempre culpa sua, porque o(a) deprecia e não permite seu crescimento.

Uma pessoa insegurança ou mal resolvida sempre colocará no outro a culpa por suas situações mal resolvidas, jamais irá olhar para o seu próprio comportamento, porque isso significaria assumir a responsabilidade por sua vida e admitir que precisa tomar um rumo na sua própria vida. Ninguém é responsável pela felicidade do outro. A incapacidade de pedir desculpas é um grande sinal que continuar nesse relacionamento só trará dissabores.

A AMEAÇA DE TERMINAR O RELACIONAMENTO VIVE PAIRANDO SOBRE OS DOIS

Esse é um movimento clássico. O hábito de ameaçar romper a união quando as coisas ficam tensas ou difíceis. Isso pode parecer um jogo cruel que ninguém ganha. Sempre que há insatisfação ou algum um problema, a ameaça ronda, esperando que o outro se desmanche em suplicas para não ser abandonado. Esses tipos de pessoas se alimentam da carência e inconscientemente procuram parceiros a quem eles podem controlar. Fuja disso, se quer manter sua insanidade mental.

AS SUSPEITAS SÃO CONSTANTES

Todo mundo merece algum nível de privacidade e em relacionamentos saudáveis, um deve confiar no outro. Se você tem que prestar contas o tempo todo e comprovar apresentando seus recibos, contas de telefone, mensagens de texto, isso é mais que nível tóxico de controle, é humilhação pura. Relacionamentos foi feito para gente adulta, e não para crianças birrentas precisa de supervisão constante.

Um dos maiores sinais de uma relação tóxica é sentir-se culpa todo o tempo. Se isso acontece com você, saiba que é hora de sair, antes que as coisas piorem.

PRIMEIRO EU, SEMPRE É SOBRE MIM

Você também tem sentimentos, mas a outra pessoa não vai ouvi-los. Você não consegue conversar, ter uma conversa saudável porque sua opinião não é ouvida, considerada e respeitada. Em vez de reconhecer seus sentimentos, a luta se torna até desleal, até ter a última palavra.

Ao compartilhar sua vida com alguém, é fundamental que você possa dar sua opinião nas decisões que diz respeito as coisas do casal, mas especialmente ao que diz respeito a você mesmo. As opiniões e os sentimentos do outro sempre serão importantes, mas as suas também; sua voz é importante. Em um relacionamento saudável, pensamentos e opiniões de ambos serão valorizados e, ambas terão o mesmo valor, nenhuma será mais importante que a outra.

A INDEPENDÊNCIA DO OUTRO TRAZ RESSENTIMENTOS

A pessoa tóxica quer ter você dependente dele: talvez financeiramente, emocionalmente ou fisicamente e, vai detestar quando sua independência e tentará manter o controle sobre você, criticando suas tentativas de criar sua própria liberdade.

Quando a pessoa é tóxica, ela irá plantar sementes de dúvidas sobre sua capacidade, seu talento e sua inteligência e você, se não tiver com seus pés bem fincados no chão, acabará acreditando. Esta é outra forma de tirar sua autonomia, para que você sempre esteja à disposição e totalmente dependente.

VALE A PENA UM RELACIONAMENTO DESSE TIPO?

Com toda a certeza, assim como eu, quando você entra num relacionamento espera que ele seja especial e que traga coisas incríveis à sua vida, apesar de toda dificuldade inerente a vida à dois. Assim, se aquela pessoa que passou a dividir o seu espaço com você, rouba sua paz, no pior sentido, é melhor avaliar esse relacionamento e, de uma forma ou de outra, precisa acabar com isso. Os relacionamentos não devem ser uma luta constante. Se conviver com seu par, traz mais sentimentos de angústia que paz, então é hora de reavaliar o quanto o esse relacionamento não tem sido saudável.

Às vezes, é até natural fazer sacrifícios nos relacionamentos, mas sua felicidade, autoestima e respeito próprio sempre devem estar na lista das prioridades.  Se um relacionamento é construído sobre o amor, nutre, restaura, reabastece e revive. O amor tem a capacidade de fazer o outro crescer. Não diminui. O amor é livre, não aprisiona nunca. Quando está com alguém que sufoca e, deprecia tudo o tem de mais precioso em você, atente-se com o dano que está causando em sua vida. O preço pode ser muito alto. Cuidado com o que tentam empurrar pela sua garganta abaixo, pois ninguém merece estar em um relacionamento tóxico.

TODOS MERECEM O MELHOR

Relacionamento Tóxico - Amar ou Depender - Casais Inteligentes

Todos merecem prosperar, estar em segurança e ser feliz! E, isso só um amor saudável, gostoso leve e comprometido com o estar do outro pode dar.

Não subestime sua capacidade e, se está difícil sair de uma relação tóxica e abusiva, busque ajuda se for o caso, mas resolve esse embrulho, não passe sua vida carregando um fardo que, mais cedo ou mais tarde, trará um baita arrependimento ou mesmo algo muito mais sério. Não aceite menos.

Você merece o melhor, exija isso, e em contrapartida ofereça o seu melhor também. Ruim com ele(a) pior sem ele(a) é balela, conversa fiada. Ruim com ele(a) é só ruim com ele(a), não há compensação.

Veja também: https://laircecardoso.com.br/romanceando/mais-que-um-simples-amor/

Siga-me: http://Lairce_cardoso_ofc

Sobre o Autor: Lairce Cardoso
Lairce Cardoso

|

Nasci no berço da família Cardoso, na cidade de Paranapuã, no interior de SP no dia 15 de Julho de 1.963. Sou a nona filha do Senhor Libério e da Dona Lindaura.

Deixe uma mensagem

Qual o seu nome?
Preencha com um e-mail válido
O seu endereço de e-mail não será publicado
Digite uma mensagem :)