Blog Lairce Cardoso

Lairce Cardoso

É NECESSÁRIO DEIXAR IR

23 de novembro
Amar também é deixar ir embora: do que você precisa desapegar? | Reflexão -  Cara do Espelho

Até bem pouco tempo, tinha uma dificuldade enorme para compreender porque tantas pessoas entram e saem das nossas vidas o tempo todo.

Hoje, depois de uma reforma íntima muito profunda em minha vida, consigo assimilar de uma forma mais suave como isso acontece. Então, percebo que tudo tem a ver com as fragilidades e experiências que cada pessoa vivencia.

Todos nós, vivemos momentos de instabilidades no decorrer do nosso viver, exatamente por conta das diversas mudanças que ocorrem conosco desde a nossa infância, que por certo, perdurará até o último dia de nossa vida.

A vida não é estática, ela está sempre em movimento.

À medida que vamos avançando na nossa trajetória de vida, vamos experimentando coisas novas e pessoas diferentes que vão se achegando de nós.

Isso acontece porque quando algumas coisas se perdem, outras se encontram, quando algumas pessoas partem, outras chegam.

Mas a magia de tudo isso é que nada na vida acontece por acaso, quem entra e quem sai do nosso convívio sempre tem algo a nos ensinar, resta-nos compreender a evolução de todo esse processo.  

A aceitação de tudo que nos acontece, é o segredo para nos deixar em paz e, também conscientes de nosso papel nessa transmutação divina que a vida nos oferece.

Processo de evolução

O processo para nos tornarmos pessoas mais sábias e espiritualizadas tem muito a ver com o jeito que vivemos e, com quem nos relacionamos.

Quando passamos a compreender com mais clareza, a hora de ir, de voltar, de seguir, de ficar, assim como aceitar que com generosidade os que vão, que seguem ou que ficam.

Às vezes essas tomadas de decisões, é um processo muito doloroso, mas depois é impressionante os sentimentos de gratidão que tomam conta de nossa alma.

Si a menudo dices estas frases, sufres dependencia emocional de tu pareja

É muito difícil entender quando é o tempo de ir, de ficar, de voltar e de partir. Esse discernimento só nos vem com o tempo e o amadurecimento.

Num exemplo bem recente pra mim, foi bem complexo quando descobri que minha maior vocação não era continuar na carreira pública.

Foi um processo doloroso me distanciar de quase todos que conviviam comigo há muito tempo, além da estabilidade que o emprego me dava. Mas foi necessário. E hoje sinto uma paz incrível por saber que lá não é o meu lugar.

Foi na busca do autoconhecimento que entendi que meu ciclo profissional naquela empresa havia encerrado.

Por isso a busca pelo autoconhecimento é essencial em nossa vida, pois nos enche de paz ao passar pelos processos de transição, seja lá quais forem eles.

Isso pode ser extremamente útil quando se trata de relacionamentos amorosos. Terminar um relacionamento, é sempre um movimento dolorido, mas muitas vezes, necessários para o processo evolutivo de ambos.

Guardar por essas pessoas que ficaram no passado, uma profunda admiração ou até mesmo amor, é altamente próspero.

Elas fizeram parte de sua vida porém, não podem mais estar no seu convívio pessoal, pelo fato de, provavelmente, estarem seguindo caminhos diferentes.

Muitas vezes, a maior prova de amor que podemos dar a uma pessoa é deixá-la livre para viver as suas escolhas.

Existem pessoas que passam pelas nossas vidas por um período determinado, todavia, depois de um tempo não faz mais nenhum sentido continuar em nosso convívio.

E isso, ao contrário do que pregam, não é um ato egoísta, é um ato de amor. Um amor nutrido pelo sentimento de liberdade, porque o amor só dura em liberdade.

Só é possível permanecer ao lado de pessoas por toda uma vida quando há comunhão de valores, um respeito pelas diferenças, quando não há nenhum tipo de julgamento nem imposições de verdades individuais.

É preciso um investimento intenso em si mesmo, para superar os limites próprios e buscar cada vez mais a empatia, que é ver os outros sob a perspectiva deles, sentir o que eles sentem.

Lembre-se sempre. Cada pessoa tem um tempo determinado em nossa vida, e ter a coragem de soltar das mãos do outro.

Quando chegar a hora for chegada, deve ser processo natural e absolutamente necessário para uma vida em harmonia.

Por isso, por mais difícil que seja, não se renda, é necessário deixar ir o que não nos acrescenta mais, ainda que isso seja o que mais amamos na vida.

Então vire a página. Coloque um ponto final nas coisas e pessoas que não te fazem bem.

A vida é um círculo, não é um quadrado, portanto a vida está sempre em movimento. Não se encerra numa coisa, fato, acontecimento ou em pessoas. Ela continua sempre no novo.

Ademais, olhando energeticamente pra vida, uma coisa só pode ocupar um lugar quando a outra sai. Também pessoas, só ocupam verdadeiramente um lugar quando desocupado anteriormente.

Portanto, se algo ou alguém não te acrescente nada mais, deixe ir, para que o espaço esteja livre para experimentar outras sensações e oportunidades.

Um pouquinho sobre mim

Depois de atravessar uma fase muito delicada, em todos os setores meu viver, a vida me deu uma grande chacoalhada do tipo: acorda, você tem muito potencial para viver na invisibilidade.

Por fim, depois de uma faxina muito grande na minha pessoa, e de decisões difíceis e doloridas mas, absurdamente necessárias, surgiu uma nova mulher chamada Lairce.

Uma mulher que resolveu reinventar-se aos cinquenta e seis anos de idade, física, mental e psicologicamente.

Uma mulher que aprendeu que priorizar a necessidade de ser feliz, não é egoísmo, é vida!

Conto um pouquinho desses sentimentos malucos que tomaram conta de minha mente, nesta matéria que está aqui no blog https://laircecardoso.com.br/pedacos-da-vida/a-coragem-de-ser-imperfeita/

Ajustando o meu propósito de vida

Atualmente sou Terapeuta Complementar e Consteladora Sistêmica e trabalho tanto com crianças e adolescentes quanto com adultos.

Como terapeuta meu principal objetivo é contribuir com a melhora comportamental, auxiliando o paciente a encontrar o caminho do autocuidado e autoconhecimento.

Então, se você se percebe que deve dar mais atenção a sua saúde mental e emocional de um modo geral, saiba que a terapia sistêmica é um grande apoio.

Especialmente nos processos de autoconhecimento, a terapia poderá te ajudar a ter mais consciência sobre suas questões que causam sofrimentos, recuperando assim seu bem estar, auto estima e, até mesmo o resgate de si mesmo.

Ademais, contar com ajuda de um profissional não é sinal de fraqueza, portanto, se você passa por alguma situação difícil neste momento, não se faz necessário passar por tudo sozinho(a).

Além disso, a ajuda de um profissional qualificado, poderá te ajudar a atravessar esse processo de maneira mais leve.

Por isso, dê-me a oportunidade de mostrar como a Terapia Sistêmica poderá ajudá-lo nos diversos seguimentos de sua vida.

Agende um horário e venha tomar um café comigo, é provável que aqui você se liberte de suas amarras.

PARA MAIS DICAS SIGA-ME NO INSTAGRAM: http://instagram.com/lairce_cardoso_ofc

Sobre o Autor: Lairce Cardoso

|

Nasci no berço da família Cardoso, na cidade de Paranapuã, no interior de SP no dia 15 de Julho de 1.963. Sou a nona filha do Senhor Libério e da Dona Lindaura.

Deixe uma mensagem

Qual o seu nome?
Preencha com um e-mail válido
O seu endereço de e-mail não será publicado
Digite uma mensagem :)