Blog Lairce Cardoso

Lairce Cardoso

O TEMPO NÃO ESPERA NINGUÉM

22 de abril

O tempo não espera ninguém . O tempo chega com a fatura nas mãos. Pe Fábio de Melo

Tempo é o que muitos de nós mais tem neste momento de isolamento social.

Ok. Todos nós, que tomamos consciência da gravidade, estamos obrigados a ele, mas o que você tem feito com esse tempo, que pode até estar incomodando porque não estava acostumado a ele?  

Apenas esperamos essa tormenta passar para que tudo volte a ser como era antes(como se isso fosse possível) ou aproveitado para de maneira sábia, utilizá-lo a seu favor para  o seu crescimento pessoal.

Está será a fatura que o tempo trará em suas mãos, apresentando os valores de pagamento a cada um de nós e, queiramos ou não, teremos que providenciar a quitação da dívida contraída.

Há quem acredita que o tempo não exista e que somos nós que o desenhamos e pintamos de acordo com as nossas conveniências. Puro erro de cálculo pois o tempo existe sim, e passa na velocidade da luz.  

E, pode apostar, não é só o espelho que dá essa certeza, ma também as faturas pagas ao longo da vida. Se não cuidar da saúde pagará com a doença, Se não cuidar do amor dos mais próximos pagará com a solidão, se não cuidar do tempero da vida pagará com o destempero da morte.

O tempo de hoje nos pede calma e paciência. E o único projeto que se bem traçado nos trará lucros futuros é o aprendizado. Existe uma urgência do universo em sejamos seres mais evoluídos e sábios. Por isso, precisamos urgentemente aprender a ser mais humano, menos egoísta, ter mais doçura nas atitudes, ser mais solidário, ser mais criativo e acreditar que a vida vale a pena.

O isolamento social nos afasta dos demais mas nos aproxima da pessoa mais importante deste universo: nós mesmos.

E quando tudo isso passar, novos tempos virão,então poderemos colher os frutos, de acordo com a semente que semeamos no nosso tempo.

Quer me conhecer melhor? Assista ao vídeo “Quem sou eu” https://www.laircecardoso.com.br/quem-sou-eu

Sobre o Autor: Lairce Cardoso
Lairce Cardoso

|

Nasci no berço da família Cardoso, na cidade de Paranapuã, no interior de SP no dia 15 de Julho de 1.963. Sou a nona filha do Senhor Libério e da Dona Lindaura.

Comentários (2)

Karen Ferreira Responder

Ótima reflexão! Obrigada

22 de abril de 2020 at 09:46
Léo alvarenga Responder

Maravilhosa reflexão ?

22 de abril de 2020 at 20:32

Deixe uma mensagem

Qual o seu nome?
Preencha com um e-mail válido
O seu endereço de e-mail não será publicado
Digite uma mensagem :)