Blog Lairce Cardoso

Lairce Cardoso

DEPRESSÃO: A DOR QUE DÓI SEM DOER

25 de novembro

DEPRESSÃO: A DOR QUE DÓI SEM DOER.

Saiba que as terapias sistêmicas são fortes aliadas nos tratamentos contra a depressão, porque atuam diretamente nas questões em forma de crenças que te levam, primeiro a limitação, depois a estagnação.

Depressão: 11,5 milhões de casos registrados no Brasil
Depressão: A dor que torna uma sombra.

Muitas técnicas da Terapia Holística e Sistêmica como por exemplo o Reiki, o Thetahealling, a Meditação e a Constelação familiar podem ser utilizadas nos tratamentos complementares `depressão.

Além disso a alimentação, escrita expressiva, mindfulness e exercícios físicos, também tem muita força contra esse mal que assola grande parte da população mundial.

Entre o primeiro diagnóstico médico e a aceitação da depressão pode levar um bom tempo. Porém, há um certo alívio compreender que a depressão é uma doença.

Ao aceitar que há algo errado com seu corpo, não só do ponto de vista fisiológico, mas também do mental, encurta-se o caminho para o tratamento. Porém, ainda assim é um tratamento bem delicado, lento e requer muita paciência.

Há que se ter empenho total da própria pessoa, mas também daqueles com quem se vive diariamente.

Amor e acolhimento familiar são primordiais para o êxito no tratamento de depressão.

Depressão. Mal do século

Só um parênteses sobre a questão. Tá certo, depressão não é “mimimi”! É um assunto muito sério! Só quem sofre sabe como é.

Percebo que nunca se falou tanto a respeito de depressão, como nos últimos tempos. Em todo os meios de comunicação, é considerada o mal do século, e às vezes me pergunto: Mas, de qual século?

Acredito sim, que na atualidade tenha aumentado consideravelmente o número de casos depressivos, até por conta do momento que vivemos.

Mas, paira uma dúvida: até que ponto não há uma confusão entre tristeza e depressão, em todos esses casos diagnosticados.

Longe de mim, colocar em xeque todo o conhecimento dos especialistas da área. Mas o transtorno depressivo sempre existiu. Toda essa discussão em torno da doença, dá a sensação de que há mais uma epidemia em curso. E isso me assusta!

Depressão X Tristeza

Hora do Recreio: A tristeza Permitida

Falo isso porque percebo um número crescente de pessoas com os mesmos sintomas típicos da nossa realidade atual. Tristeza, medo, ansiedade, insegurança, desconforto, indignação.

Esses sentimentos tomam conta das nossas vidas ultimamente. Isso é fato! Mas daí classificar tudo como depressivo, acho muito perigoso.

Mas, seja lá qual for o diagnóstico, certo é que se algo não está nos conformes, precisa ser cuidado. Tristeza em demasia, leva sim a depressão. Isso é real!

Mas agora, falando especificamente sobre a doença.

Sob o olhar de quem já conviveu e auxiliou no tratamento de depressão, penso que um dos fatores que promovem essa doença é a desconexão das pessoas com elas mesmas.

Nos dias atuais há quase uma exigência para que sejamos diariamente conectados com tudo e com todos o tempo todo.

Essa bendita cobrança, nos afasta da conexão de nós mesmos. E, consequentemente nos distancia da nossa intimidade, do nosso corpo, da nossa alma e espiritualidade.

Outro fator que nos empurra para bem distante de nós mesmos é a velocidade dos fatos, notícias e informações que somos bombardeados a cada minuto do dia.

Isso é o casamento perfeito para vivermos como zumbis. E, se vive-se zumbizando pelo planeta, como ter a coragem para a vida?

Sim, porque viver pede coragem. Aliás, muita coragem. Não é fácil tomar  decisões, fazer escolhas e assumir as consequências de cada uma delas.

E, então como podemos dar conta de tudo isso? É um exercício diário, mas é possível se safar dessa situação sem se entupir de medicamentos.

Porém é preciso muita disciplina, dedicação, manter a mente aberta e uma vontade enorme de se transformar.

Mente sã, corpo são

A expressão latim mens sana in corpore sano , soa muito clichê, mas é verdadeira e importante, especialmente quando se trata de saúde mental. O nosso corpo é a nossa casa.

Então, a saúde começa com o especial cuidado com o que colocamos dentro dessa casa. E quem diria! Mas boas atitudes, palavras e pensamentos é fundamental para que essa casa fique em condição habitável.

Portanto, comer melhor e praticar exercícios físicos e cuidar da sua mente são essenciais contra transtornos depressivos.

Além disso hábitos como dormir bem, evitar fontes de stress, ter uma vida social mais prazerosa, evitar álcool e drogas. Também são muito benéficos.

Em casos mais leves, essas e outras mudanças no estilo de vida podem até resolver a questão. Mas nos casos de depressão moderada ou grave, é preciso procurar ajuda profissional o quanto antes.

Aliados no tratamento da depressão 

Exercícios para desanuviar:

Segundo a Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, diversos estudos mostram que atividades físicas melhoram o humor e, por consequência, reduzem sintomas depressivos.

Isso ocorre porque se exercitar estimula o cérebro a produzir substâncias que trazem a sensação de bem-estar.

Mas não é só por isso que você deveria considerar tirar o tapete de yoga ou o maiô do armário e praticar um exercício.

As atividades físicas também melhoram a auto-estima, a auto-confiança, o empoderamento, e ajudam nas relações sociais.

Uma alimentação saudável faz diferença

Para funcionar bem, o cérebro precisa de nutrientes adequados, portanto, uma dieta pobre de proteínas e vitaminas prejudica a produção de neurotransmissores, causando sensações de ansiedade e até tristeza. Isso Soa familiar?

Comer bem significa deixar seu prato bem verdinho com folhas e vegetais. É importante variar alimentos, beber bastante água, evitar bebidas açucaradas.

Também deve garantir a ingestão de cálcio e evitar alimentos ricos em gordura trans. Além disso, cuide do seu intestino. Iogurte e outros alimentos fermentados ajudam a manter o sistema digestivo saudável.

Tome cuidado com o álcool

Pessoas deprimidas tendem, até inconscientemente, a abusar de bebidas alcoólicas como uma forma de escapismo, ainda que os efeitos do álcool sejam passageiros, já que o álcool pode piorar o quadro.

Sono é fundamental

Dormir mal piora a qualidade do humor. Em parte porque os neurotransmissores responsáveis por regulá-lo são reabastecidos durante o sono.

Assim, um sono reparador é indispensável para manter o cérebro equilibrado e ajudar no alívio da depressão.

Inclusive, pessoas que dormem pouco ou cujo sono tem pouca qualidade são mais propensas a ter transtorno depressivo.

Elas têm maior tendência a encarar situações neutras do dia a dia como negativas.

As chances de transformar pequenos infortúnios em tragédias são grandes. Principalmente se os problemas para dormir são recorrentes.

Aposte nas terapias alternativas como complemento do tratamento

As práticas integrativas são importantes e muito eficientes para complementar o tratamento de diversos distúrbios e doenças, incluindo a depressão.

São muitas as modalidades dentro das terapias alternativas que podem auxiliar nas desordens do nosso corpo físico, emocional e espiritual.

Para o tratamento de depressão, cito algumas ferramentas que podem trazer muitos benefícios.

Abaixo descrevo as principais atividades que utilizo no combate à depressão nos meus atendimentos como Terapeuta Sistêmica.

Medite ou pratique mindfulness 

mindfulness, é uma técnica de meditação que tem como foco na atenção plena. Uma pesquisa publicada em 2018 concluiu que, participantes que receberam os tratamentos clássicos combinados com mindfulness, não se agravou a doença. Portanto, o tratamento combinado seria a melhor opção.

Segundo a Universidade de Oxford, essa a terapia obteve bons resultados em pacientes propensos a ter recaídas de depressão.

A técnica ensina a ter consciência, e por consequência melhor controle, dos pensamentos, sentimentos e sensações corporais.

Além disso, de acordo com a Academia Brasileira de Mindfulness, entre as diversas melhorias na qualidade de vida da pessoa que pratica essa meditação.

Destaca-se o crescimento da criatividade, da memória e da rapidez em obter respostas.

Meditação movimento x dança

Dança Movimento Terapia » Ganesha Metamorfose

A meditação com movimentos, que aliam as técnicas de respiração com o movimentos de dança também podem ser fortes aliados contra a depressão.

A respiração muito bem trabalhada nesses exercícios tende a trazer a leveza que a pessoa precisa para se aceitar e olhar para si mesmo. E a música expande a alegria e promove o bem estar.

Dobradinha perfeita para se livrar dos maus pensamentos e da tristeza que envolve uma pessoa depressiva.

Mesmo porque, um dos grandes benefícios de práticas meditativas é a conexão com a própria pessoa.

Querido diário…

O antigo e velho diário parece coisa de criança, no entanto ajuda muitas pessoas, inclsuive a se livrar dos incomôdos sintomas da depressão. 

A lógica é simples. Nem sempre as pessoas conseguem expressar seus verdadeiros sentimentos, seja por timidez ou até mesmo porque não os conhece.

Colocar pensamentos no papel pode ajudar a pessoa a buscar o conhecimento de si mesma, assim como entender seus próprios sentimentos.

O hábito irá ajudar no controle das emoções e consequentemente melhorar a saúde mental. Por isso o hábito de escrever diariamente ajuda a priorizar problemas, medos e preocupações.

Além disso, é uma forma de rastrear sintomas no dia a dia para aprender a reconhecer gatilhos e, portanto, evitar crises.

Por fim, o diário auxilia a entender mais sobre si mesmo e a identificar pensamentos e comportamentos negativos.

Escrita expressiva

Assim como o diário, a técnica da escrita expressiva pode ter impactos positivos na recuperação de quem tem depressão..

A técnica consiste em escrever seus sentimentos mais profundos sobre experiências traumáticas ou incômodas, sem vigiar muito estilo ou regras gramaticais.

Com essa válvula de escape, o paciente começa a lidar com esses sentimentos e aos pouquinhos, melhorar sua disposição para a vida.

Aconselho o acompanhamento com terapeuta ou outro especialista da área, a fim de direcionar o paciente, visto que o exercício mexe muito com o interior de cada um.

Ferramentas da Terapia Sistêmica no combate à depressão

Reiki

O Reiki é um tipo de terapia pode ser uma excelente aliada para o tratamento da ansiedade, devido à sensação de relaxamento e bem-estar que proporciona.

Consequentemente, através do Reiki é possível reduzir também os sintomas do estresse, que provocam a ansiedade, promovendo o sentimento de paz interior e servindo como calmante. Nessa técnica trabalha-se muito com a respiração e meditação.

Thetahealing

ThetaHealing é um conjunto de técnicas de terapia energética e  meditação que consegue identificar e transformar crenças limitantes.

Que, na verdade são pensamentos negativos entendidos e definidos como verdade, podendo impedir que a pessoa alcance seus objetivos.

Seja em relação a questões amorosas, financeiras, mentais, físicas ou profissionais, o terapeuta do ThetaHealing trabalha para identificar a origem desses problemas que atuam sobre a vida do indivíduo, procurando meios para corrigi-los.

Sobretudo é importante ressaltar que a prática de ThetaHealing não envolve nenhum tipo de crença religiosa.

Constelação Familiar

Os sintomas da depressão nada mais é, que um sinal que o amor não esta fluindo, é necessário o fluir do amor para se viver plenamente. 

Nas constelações familiares verificamos que pessoas com depressão estão sim em desarmonia com o sistema familiar.
Ao caminharmos no sentido da aceitação, o fluxo do amor começa a se restabelecer e a cura se torna possível.

Um pouquinho sobre mim

Depois de atravessar uma fase muito delicada, em todos os setores meu viver, a vida me deu uma grande chacoalhada do tipo: acorda, você tem muito potencial para viver na invisibilidade.

Por fim, depois de uma faxina muito grande na minha pessoa, e de decisões difíceis e doloridas mas, absurdamente necessárias, surgiu uma nova mulher chamada Lairce.

Uma mulher que resolveu reinventar-se aos cinquenta e seis anos de idade, física, mental e psicologicamente.

Uma mulher que aprendeu que priorizar a necessidade de ser feliz, não é egoísmo, é vida!

Conto um pouquinho desses sentimentos malucos que tomaram conta de minha mente, nesta matéria que está aqui no blog https://laircecardoso.com.br/pedacos-da-vida/a-coragem-de-ser-imperfeita/

Ajustando o meu propósito de vida

Atualmente sou Terapeuta Complementar e Consteladora Sistêmica e trabalho tanto com crianças e adolescentes quanto com adultos.

Como terapeuta meu principal objetivo é contribuir com a melhora comportamental, auxiliando o paciente a encontrar o caminho do autocuidado e autoconhecimento.

Então, se você se percebe que deve dar mais atenção a sua saúde mental e emocional de um modo geral, saiba que a terapia sistêmica é um grande apoio.

Especialmente nos processos de autoconhecimento, a terapia poderá te ajudar a ter mais consciência sobre suas questões que causam sofrimentos, recuperando assim seu bem estar, auto estima e, até mesmo o resgate de si mesmo.

Ademais, contar com ajuda de um profissional não é sinal de fraqueza.

Portanto, se você passa por alguma situação difícil neste momento, não se faz necessário passar por tudo sozinho(a).

Além disso, a ajuda de um profissional qualificado, poderá te ajudar a atravessar esse processo de maneira mais leve.

Por isso, dê-me a oportunidade de mostrar como a Terapia Sistêmica poderá ajudá-lo nos diversos seguimentos de sua vida.

Agende um horário e venha tomar um café comigo, é provável que aqui você se liberte de suas amarras.

PARA MAIS DICAS SIGA-ME NO INSTAGRAM: http://instagram.com/lairce_cardoso_ofc

Sobre o Autor: Lairce Cardoso

|

Nasci no berço da família Cardoso, na cidade de Paranapuã, no interior de SP no dia 15 de Julho de 1.963. Sou a nona filha do Senhor Libério e da Dona Lindaura.

Deixe uma mensagem

Qual o seu nome?
Preencha com um e-mail válido
O seu endereço de e-mail não será publicado
Digite uma mensagem :)