Blog Lairce Cardoso

Lairce Cardoso

A PRIMAVERA TRAZ O CHEIRO DA BELEZA

21 de setembro

É formidável a engenhosidade do mundo, mas mesmo que a gente não perceba, toda a movimentação do universo traz significativa interferência na nossa vida.

Acreditem ou não, segundo estudiosos, as estações do ano, por exemplo, transformam o clima, o tempo e a temperatura e têm grande influência sobre o humor, a personalidade, a saúde e a energia das pessoas.

No verão, encurtamos as roupas, demora-se mais na rua, ficamos mais light, como resultado rimos mais , talvez por causa do efeito da cervejinha. Sentimo-nos mais quentes, fortes, cheios de energia, e o mais importante com vitalidade e com muita vontade de amar e de viver.

Enquanto isso, no inverno, a tendência é ficarmos mais quietos, introspectivos, mais pensativos. Mas é uma estação muito chique, as vestimentas e os passeios são mais elegantes. E, por exemplo dos ursos, gostamos mesmo é de ficar hibernados, procurando mais aconchego.  Parece ser a estação do “quero colo”.

No outono, ficamos mais calmos, preguiçosos, nos interiorizamos, um pouco saudosistas, e começamos a reparar mais na vida, nas pessoas e nos detalhes.

É uma estação melancólica, meio misteriosa e, geralmente, tempo de reflexão. A nossa lista de promessas, que nem sempre será cumprida, aumentará consideravelmente.

A PRIMAVERA TAMBÉM TRAZ MUITA OUSADIA PELA VIDA

Mas ninguém há de negar a beleza e o charme da primavera. Tudo muda de atmosfera e saímos do casulo com muita vontade de viver, amar, ousar e se divertir. A primavera traz o cheiro da beleza, a vibração das cores e brilho da vida, que nasce nos cantinhos e lugares mais improváveis.

Tudo fica mais florido e o verde brota em qualquer cantinho, até nos mais inacreditáveis. A chegada da primavera ilumina, alegra e colore os dias, os ambientes e as pessoas.

Sou apaixonada pelos ipês e, nesta época, quando vejo a cidade colorida pelas frondosas árvores, sinto que, embora todas as dificuldades, a vida fica mais leve e mais divertida. A primavera é a estação dos risos.

Recentemente, em uma viagem para o litoral norte de São Paulo, fiquei deslumbrada com o festival de cores e cheiros ao descer a serra completamente florida.

Nestas horas, é mesmo impossível não acreditar que Deus existe. Parece-me um artista colorindo o mundo com sua aquarela particular, chamando-nos a celebrar a vida.

E particularmente, acredito que só está pronto a celebrar a vida quem tiver a coragem de experimentá-la e de acreditar no amor universal e tiver a capacidade de abençoar os outros e se permitir ser abençoado por eles.

Celebrar a vida é quando se deixa para trás as “coisas” do inverno para experimentar as “coisas” da primavera que está diante de cada um.

Bem, se você não é assim tão ligado nas estações do ano, não se preocupe, porque as flores e o clima agradável invadirão seu viver, mesmo que não se atente para o fato. Eu, particularmente amo o cheiro da beleza que a primavera traz.

Cecília Meirelles também, porque brilhantemente assim profetizou: “A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la.”

Leia também: MEU ENCONTRO COM O ÍDOLO JOTA JUNIOR https://laircecardoso.com.br/vc-completando/meu-encontro-com-o-idolo-jota-junior/

Siga-me no @lairce_cardoso_ofc

Sobre o Autor: Lairce Cardoso
Lairce Cardoso

|

Nasci no berço da família Cardoso, na cidade de Paranapuã, no interior de SP no dia 15 de Julho de 1.963. Sou a nona filha do Senhor Libério e da Dona Lindaura.

Deixe uma mensagem

Qual o seu nome?
Preencha com um e-mail válido
O seu endereço de e-mail não será publicado
Digite uma mensagem :)