Blog Lairce Cardoso

Lairce Cardoso

SONHO EM SER CANTOR POR AMOR À MÚSICA

21 de abril

Dos palcos improvisados nos pés de mangueiras de Minas Gerais para os palcos do mundo, este é o sonho desse frentista de Rondônia que conta sobre seu amor pela música e o desejo de dividir o palco com seu maior ídolo.

Sou Carlos Braz Rodrigues e nasci no dia 04 de Julho de 1985 na cidade de Cubatão. Nossa família morava em Taboão da Serra, mas quando eu tinha dois anos, num passeio na praia de Santos, tragicamente perdemos meu pai que faleceu, vítima de um afogamento.

A família da minha mãe era de Minas Gerais e por uma questão de sobrevivência, entendemos ser melhor vivermos perto de seus familiares, por isso nos mudamos para Minas Gerais, onde vivi até os meus quinze anos de idade.

Quando eu tinha quatro anos, o novo relacionamento de minha mãe trouxe um padrasto que era muito ruim para mim. Ele me batia muito e me obrigava a trabalhar na lavoura pesada em baixo do sol escaldante. Por volta de meus dez anos de idade, cansada de ver o meu sofrimento e também do meu irmão, minha mãe separou-se e depois de, aproximadamente um ano, se uniu num novo relacionamento, mas ao contrário de antes, este foi como um bálsamo na nossa vida. Ele foi e é como um verdadeiro pai para mim e minha família. Ajudou a minha mãe na nossa educação e criação e eu tenho por ele uma grande admiração.

Nos meus quinze anos, voltamos para o estado de São Paulo para a cidade de Holambra e lá continuei minha formação. Conheci minha esposa quando eu tinha 17 anos e ela 14 anos, nos casamos e depois de dois anos nos mudamos para Rondônia para a cidade de Alvorada do Oeste e, por aqui, fixei minha residência há doze anos.

Desde que aqui chegamos, trabalho num posto de gasolina, a princípio como segurança durante à noite e agora, como frentista no período diurno.

Tenho duas filhas e não tenho palavras para dizer o que sinto por elas, mas com certeza foram os melhores presentes que Deus me deu. O que mais valorizo na minha vida é o meu casamento, minha esposa e minhas filhas. Amo estar com elas, viro criança no meio delas. Meu pai faleceu muito cedo e eu nunca soube o que era ter carinho de pai, por isso me esforço muito para dar às minhas filhas o que eu não tive, pois eu sei o quanto é triste e faz falta o apoio de um pai na nossa vida.

Sou de uma família muito humilde e meu maior sonho é ser cantor e também conhecer meu ídolo, o Amado Batista. Mas sempre sonhei em ser cantor, primeiramente, por amor à musica.

Minha mãe sempre gostou das músicas do Amado Batista e desde criança, entre meus três a quatro anos de idade, ouvia junto com ela as músicas do seu ídolo. Lembro-me que sentava ao seu lado, enquanto fazia seus trabalhos domésticos para ouvir no rádio as canções que nos encantava. E juntos cantávamos as canções que muito nos alegrava.

E desde essa época passei a sonhar com a possibilidade de cantar ao lado desse grande nome da música brasileira.

O meu palco, muitas vezes, eram as mangueiras onde eu subia e soltava a voz, cantando Meu ex-amor, menininha e tantas outras.

Minha mãe vivia às voltas com a preocupação de que pudesse cair da altura que eu subia, e ainda por cima me machucar, mas eu sempre a tranquilizava, pois pra mim eu estava na segurança de um grande palco. No palco da vida. Aquilo era a minha maior alegria. Era tudo de bom. Ali eu me refugiava das minhas dores e me encontrava com os meus sonhos.

Eu sempre curei minhas dores na música. Enquanto cantava aliviava as dores de meu coração e, sonhando desenhava um futuro mais feliz e com mais dignidade. Sempre me imaginei em cima de um palco fazendo o que mais gosto, que é cantar.

O sonho de ser cantor é por amor a música. Quero fazer o que eu amo fazer, que é cantar. Não penso em juntar milhões, penso apenas em dar um condição de vida mais digna e com mais conforto para minha esposa e minhas filhas. Hoje nós vivemos numa casinha muito simples, não temos muita liberdade e, vivemos com muitas dificuldades.

E é por isso que eu sonho, queria ter a condição de oferecer uma boa escolaridade para minhas filhas, pois eu estudei até o quinto ano e sou conhecedor das dificuldades que é crescer na vida sem a formação adequada.  Quero apenas oferecer a segurança de um futuro bom, através de um estudo acadêmico. Não penso em adquirir bens, penso em oferecer um futuro melhor pra minhas filhas através de estudos.

Para mim, o dinheiro não é tudo. O importante é fazer o que o meu coração sempre desejou.

http://www.instagram.com/carlosrodriguescantorof

Quer me conhecer melhor? Assista ao vídeo “Quem sou eu” https://www.laircecardoso.com.br/quem-sou-eu

Sobre o Autor: Lairce Cardoso
Lairce Cardoso

|

Nasci no berço da família Cardoso, na cidade de Paranapuã, no interior de SP no dia 15 de Julho de 1.963. Sou a nona filha do Senhor Libério e da Dona Lindaura.

Comentários (2)

Lairce Barbado Responder

Linda voz! Tem que ir em frente!

21 de abril de 2020 at 13:13
Isabel Fernandes Responder

Importante é não desistir….Boa sorte pra vc!!!
Vc tem Bom gosto….adoro Amado Batisita.

21 de maio de 2020 at 22:03

Deixe uma mensagem

Qual o seu nome?
Preencha com um e-mail válido
O seu endereço de e-mail não será publicado
Digite uma mensagem :)