Blog Lairce Cardoso

Lairce Cardoso

PARA MINHA MÃE…UM ANO SEM VOCÊ

24 de outubro

Oi mãe… Meu Deus! Como o tempo passa depressa. Já faz um ano que não tenho mais sua presença ao meu lado e, embora tenha certeza, que onde estiver, esteve acompanhando todos os acontecimentos ocorridos na minha vida, ao longo deste ano, hoje senti uma vontade imensa de pegar o telefone, como fazia antigamente, para te contar as novidades.

Quase posso ouvi-la ao telefone: Oi filha, tudo bem? Que tem para contar para a mãe? O coração até dói, tamanha a saudade.

Mas quanta coisa aconteceu neste ano! Muitas foram construídas, outras modificadas e algumas destruídas. Calma, não se apavore, as destruídas, serviram para construir com mais firmeza o alicerce para o meu novo caminho e, acredite, ainda que tenha sido um pouco dolorido foi para o meu bem.

Como queria que você estivesse aqui para palpitar, mesmo sabendo que em vários momentos, pelo menos, alguns dos nossos pensamentos e atitudes não se casariam muito bem. Isso não teria a menor importância, o fato de tê-la ao meu lado para dividir minhas dúvidas e conquistas, faria toda diferença. Acredita que até nos dias atuais, ainda que não a consulte diretamente sobre um determinado assunto, inevitavelmente penso como você faria e quais conselhos me daria sobre aquilo? E é batata, basta seguir o recomendado no meu coração, que dá tudo certo.

É Dona Lindaura, por certo, nem a distância entre a vida e a morte irá nos separar.

Mas, vamos lá, deixemos de conversa fiada, que vou eu te contar umas coisinhas que aconteceu nesses últimos tempos, caso por algum motivo, não tenha se inteirado dos fatos.

Eu e o Alcir fomos parar na terapia de casal, e o diagnóstico do Lucas é que nosso casamento entrou nos trilhos. Pode? Esse menino é da pá virada. Mas, olha mãe, nunca fomos tão parceiros como o somos agora e, estamos a cada dia nos apaixonando mais um pelo outro.

Lembro-me de todas as vezes que me disse, depois da morte do pai que, se soubesse que ficaria tão só, sem seu companheiro, não teria perdido tanto tempo com brigas inúteis e nem teria falado tantas coisas tão desnecessárias. Pois é mãe, eu resolvi seguir seu conselho antes que a dor do arrependimento, também, me cobrasse essa triste constatação.

O Lucas tá um mocinho e, a cada dia assume mais suas responsabilidades perante a vida. Pudera, deixamos de mimá-lo, como fazíamos. Ainda o fazemos um pouquinho, coração pede isso. Mas a história de déficit de atenção, já está praticamente resolvido, e as notas na escola estão bombando. E, as menininhas continuam correndo atrás dele. Às vezes, fica um pouquinho rebelde e apronta umas coisinhas bobas, para isso, precisamos redobrar nossos ensinamentos com os limites necessários. Coisas de adolescentes e coisas de pais, que você sabe bem como é. Não é mesmo?

E olha só, tá fazendo um curso para YouTuber, quer arrasar no jogo de games da Internet. É complicado entender esse mundo, não é mesmo?  É verdade, pra mim, às vezes também é. Mas, precisamos confiar nas habilidades e talento dele. Estamos investindo nele. Gostaria muito que ele se preparasse para ser feliz na sua fase adulta, fazendo o que ele ama, e não o que eu acho que deveria ser. Hoje, sei que isso faz uma diferença muito grande na vida de uma pessoa.

E eu? Mãe, você acredita que eu também tô numa fase de transição profissional? Depois de muito tempo, me permiti acreditar que posso fazer o que mais amo, tanto para minha realização pessoal quanto para o profissional. Você já matou a charada, né? Vou escrever. Blogueira, mãe. Você acredita? Olha que loucura!

Imagino que tenha frangido a testa e, até posso ouvi-la: Ai filha, eu não entendo muito dessas, eu confio em você, mas tem certeza que isso vai dar certo? E sua vida profissional? Você tem um emprego tão bom. Será que não tá se precipitando? O Lucas ainda é muito novo. Sei não… pensa bem.

Não, mãe! Não se preocupe, acredite em mim. Estou fazendo tudo com muito cuidado e muita cautela. Estou me preparando bastante. E, ainda que nada disso dê certo, essa preparação tá me abrindo outras portas. Estou fazendo, também, um curso de Mestre em meditação. E, uma coisa leva a outra, por isso tem outras oportunidades surgindo que me levará para um novo caminho. Estou muito feliz e todo esse aprendizado, tem me feito rever muitas coisas na minha vida e ter a coragem de mudá-las quando preciso.

Bom, os meninos estão bem e como eu combinei com a senhora, a nosso modo, continuamos unidos. Ainda mantemos o grupo Nossa Mãe na ativa. Vez ou outra por causa da correria, ficamos um tempinho sem postar nada, mas qualquer acontecimento é motivo para gente encher o grupo de bobagens. A senhora nos conhece, né?

Que mais? Ah! Tem gente nova na família. Tem filho que virou avô, tem outro se aposentando, outro que conseguiu sua casa própria e outro oficializando sua vida matrimonial. Tem netos casando e avós babando pelos netos que estão s e encaminhando bem na vida.

Olha só, fiz um jardim no meu apartamento, a senhora iria adorar as flores e a fonte de água. Ficou um cantinho legal. Era mais ou menos, como eu queria fazer na sua casa.

Nossa! Quanta coisa né? Imagino que teríamos que passar uma tarde inteira papeando para colocar as fofocas em dia. Foi muito bom matar a saudade de conversar com a senhora, ainda que de coração para coração.

Acredite, muita coisa aconteceu e mudou por aqui, só não muda a saudade que sinto de ti, e muito menos, diminui o meu amor por você.

Te amo, viu, nunca se esqueça disso, porque eu jamais esquecerei o quanto foi, e é importante na minha vida.

Quer me conhecer melhor? Assista ao vídeo “Quem sou eu” https://www.laircecardoso.com.br/quem-sou-eu/

Sobre o Autor: Lairce Cardoso
Lairce Cardoso

|

Nasci no berço da família Cardoso, na cidade de Paranapuã, no interior de SP no dia 15 de Julho de 1.963. Sou a nona filha do Senhor Libério e da Dona Lindaura.

Comentários (9)

Simone Responder

Nunca conheci mulher tão guerreira tão perfeita como vc vó.
Meu Deus quanta saudades, essa sabia dar um verdadeiro conselho e um pelo puxão de orelha kkk.
Te amarei para sempre vó.
Uma homenagem mais que merecida. Parabéns!!

24 de outubro de 2019 at 10:34
Eliane Responder

Amiga, linda carta! Só prova sua sintonia e admiração por quem foi essa mulher maravilhosa.

Bjos

24 de outubro de 2019 at 11:33
Marielly Responder

Que linda homenagem! Dava para ver o jeitinho da vó, saudades do sorriso dela.

24 de outubro de 2019 at 18:44
Priscilla Responder

Que saudade da minha vozinha… Tenho uma cobertinha que era dela, quando sinto muito falta me enrolo nela rsrs…
O Bê tb ama a cobertinha e ficamos os dois brigando pelo pedacinho da coberta.

24 de outubro de 2019 at 22:20
Cassia Silveira Responder

Linda homenagem Lairce. Quero que saiba que estou muito feliz com seu sucesso. Essa etapa que vc alcançou representa o quanto se esforçou e quanto lutou, vc merece é uma guerreira. É apenas o início de uma longa carreira onde certamente conseguirá muitas alegrias e vitórias. Exemplo de mulher e profissional, que eu admiro.

29 de outubro de 2019 at 20:03
Josiane Responder

Linda homenagem você está de parabéns tem tudo pra dar certo sucesso bjs

10 de novembro de 2019 at 20:47
Alexandra Cosmo Responder

Lindaaaaa homenagem. Que jeito gostoso de contar suas histórias, que sensibilidade… vc conversou com sua mãe de um jeito tão real a ponto de não ficarmos tristes, e sim felizes por vc compartilhar com ela os últimos acontecimentos de sua vida, é como se ela estivesse em sua frente. E cá entre nós está simmmm!!!! Impressionante….com certeza sua emoção rolou nesse post…mas não transmitiu tristeza em nenhum momento. Seu blog está lindo Laaa… muito sucesso e realizações p/vc! E sobre nossas mães, o que seria de nós sem elas? Mulheres fortes, guerreiras e acima de tudo o coração de cada casa. Bjsss ótima semana!!

12 de novembro de 2019 at 00:14
Ni... Responder

Então demorei pra chegar aqui pq sabia que ia chorar muito… E foi dito e feito rs
? Como dói… Por mais que a gente tenta ser forte qdo diz respeito a pessoas que a gente ama demais fica difícil não sentir o nó na garganta e as lágrimas ? brotarem nos olhos. Mas é isso tia
me diz “como é que está aí? E minha mãe, meu pai como eles estão?? Eu tbm te amo muito viu minha mãe 2
? ? ? ?

12 de novembro de 2019 at 14:35
    Lairce Cardoso Responder

    Com certeza estão iluminados e cuidando de nós como sempre fizeram.

    12 de novembro de 2019 at 21:26

Deixe uma mensagem

Qual o seu nome?
Preencha com um e-mail válido
O seu endereço de e-mail não será publicado
Digite uma mensagem :)